sábado, 22 de maio de 2010

Tempo...











Ainda bem que o tempo passa ! Já imaginou o desespero que tomaria conta de nós se tivéssemos por exemplo que suportar uma segunda feira eterna?

A beleza de cada dia só existe porque não é duradoura. Tudo o que é belo não pode ser aprisionado, porque aprisionar a beleza é uma forma de acabar com a sua essência.
A história a seguir foi dita em uma aula de filosofia, ao qual faz todo sentido:

'Dizem que havia uma menina que se maravilhava todas as manhãs com a presença de um pássaro encantado. Ele pousava em sua janela e a presenteava com um canto que não durava mais que cinco minutos. A beleza era tão intensa que o canto a alimentava pelo resto do dia. Certa vez, ela resolveu armar uma armadilha para o pássaro encantado. Quando ele chegou, ela o capturou e o deixou preso na gaiola para que pudesse ouvir por mais tempo o seu canto.
O grande problema é que a gaiola o entristeceu, e triste, deixou de cantar.
Foi então que a menina descobriu que, o canto do pássaro só existia, porque ele era livre. O encanto estava justamente no fato de não o possuir. Livre, ele conseguia derramar na janela do quarto, a parcela de encanto que seria necessário, para que a menina pudesse suportar a vida. O encanto alivia a existência... Aprisionado, ela o possuia, mas não recebia dele o que ela considerava ser a sua maior riqueza: o canto !'

Fico pensando que nem sempre sabemos recolher só encanto... Por vezes, insistimos em capturar o encantador, e então o matamos de tristeza.
Amar talvez seja isso: Ficar ao lado, mas sem possuir. Viver também!
Precisamos descobrir, que há um encanto nos esperando a cada dia, que só poderá ser descoberto, à medida que nos empenhamos em não segurar ele com as mãos, não o aprisioná-lo.
Viver é um exercício de descobertas... É aventura de deixar que o tempo leve o que é dele, e que fique só o que for necessário para continuarmos as novas descobertas.
Deixar a vida seguir, não a beleza que precisa ser eterna. Nem felicidade. Talvez seja por isso que a palavra dividir nos ajude tanto quando precisamos entender o sentimento da tristeza e da alegria. Eles só são suportáveis para nós, a medida em que os dividimos...
E enquanto os dividimos, eles passam, assim como tudo precisa passar.
Não se prenda ao que aconteceu e agora parece definitivo... O tempo está passando...
ABRA os olhos. Há encantos escondidos por toda parte. PRESTA ATENÇÃO. São pequenos, mais intensos.
Olhe para a janela de sua vida e perceba o pássaro encantado na sua história. Escute o que ele canta, mas não caia na tentação de querê-lo o tempo todo só pra você. Ele só é encantado porque você não o possui.

E lembrem-se : O tempo está passando, mas o encanto que você pode retirar, será o suficiente para esperar até amanhã.




4 comentários:

  1. Caramba, que lição.
    Pior que faz muito sentido pra gente problemática como eu.
    Muito.

    Valew @Thayzynhaa

    ResponderExcluir
  2. AMIGA!Eu ja disse que te amo? Acho que já neh...
    Voce ta escrevendo cada vez melhor... Amo as suas liçoes. E garanto que vou aproveitar o maximo do passarinho' que pousar na minha janela, sem prende-lo.

    ResponderExcluir
  3. UIUiuiUI emocioneei..
    Muitoo bom ^^

    ResponderExcluir