sábado, 12 de fevereiro de 2011

Crianças de ontem e hoje!










Oi pessoal, beleza?

É isso aê, Sábado, 12 de fevereiro de 2011, dia de mais uma postagem do ANTENADO!

  Hoje queria falar de um assunto que ás vezes me espanta bastante, o comportamento de algumas crianças e a vida que elas levam. Lembro-me de quando eu era pequena, e ficava feliz com qualquer simples brincadeira inventada de última hora pelos meus pais, meus avós. Brincadeiras que hoje não teriam a menor graça, para essas crianças da ‘atualidade’, mas que naquele tempo me fazia muito feliz.

  Eu sempre fui uma pessoa bem nostálgica, quando eu era pequena, lá pros meus 10, 11 anos, ia para escola com o intuito de rever meus amigos, de estudar, de aprender coisas novas em mais um dia. De fato, sempre fui uma pessoa velha de espírito, e certas vezes de atitudes.

 Amor, carinho, simplicidade, respeito aos mais velhos, solidariedade, o desfrutar das coisas simples da vida, parece não ter espaço na vida da maioria das crianças de hoje em dia.

  Pergunto-me se toda essa coisa boa que eu vivi na minha infância, um dia fará falta na vida destas crianças. Será que um dia elas vão conseguir olhar para vida de uma forma diferente? Será que no futuro, esta geração saberá verdadeiramente o que é amor, o que é ser feliz com coisas simples, o que é sentir-se bem , o que é estar feliz apenas porque ainda temos os nossos pais vivos? Tenho sérias dúvidas.

  Mas a questão de eu estar questionando isso com vocês é que: onde foi parar tudo isso? Digo, eu não vejo mais as crianças brincando na rua como eu via antigamente. Tá, tá certo que os tempos mudam e eu estou envelhecendo... Mas tem algo de errado nisso aí. Tem que ter.

  Cadê a molecada correndo na rua, brincando de pique? As clássicas boladas nos vidros daquela vizinha, Pau na Latinha, Pique esconde, todo mundo dormir na casa de um amigo pra ficar jogando vídeo-game ou brincando de boneca. Cadê as antigas brincadeiras? Onde foi parar tudo isso?

  Porra, eu conheço uma menina de 12 anos que já deve ter beijado mais na boca do que eu e deve ter feito muitas mais coisas que eu! E tipo, com essa idade, a minha única preocupação era ir pra escola, me encontrar com meus amigos e brincar de alguma coisa, e depois apenas tomar minha mamadeira assistindo Teletubbies. kkkkkk’. Sério.

  A questão é: as crianças estão deixando de ser crianças cada vez mais cedo.

  O engraçado de tudo isso é que, quando minha mãe ou até mesmo a minha vó dizia frases que começasse com "ah, no meu tempo não era assim" eu já sabia que vinha história chata e coisa antiga, e nem me dava o direito de ouvir. Agora, pensando bem, elas tinham toda razão. E eu acho que o melhor do viver o hoje, são as lembranças que construímos. Pois as memórias da infância permanecem com você durante todo o caminho de sua vida.




"Queria voltar a ser criança, porque os joelhos ralados curam bem mais rápidos que os corações partidos."

ENTÃO CRIANÇADA, APROVEITA A INFÃNCIA DE VOCÊS, AFINAL VOCÊS AINDA VÃO TER A ADOLESCÊNCIA PRA FAZER TUDO QUE VOCÊS QUEREM FAZER AGORA.

TUDO COMO TEM QUE SER CERTO?

Té a próxima! :*


quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Por que as pessoas têm tanto medo das marcas?

Essa pergunta me faz pensar em minhas próprias marcas. Acredito que cada um tem uma maneira particular de expressar as marcas deixadas pela vida. No meu caso, as transformo em texto. Alguns as transformam arte. Outros preferem exterminá-las. Quando me refiro às marcas, não estou falando apenas das marcas invisíveis, mas também das expostas, visíveis a olho nu. Mas uma coisa é certa: não há como viver e morrer sem ser marcado pela vida.

E ser marcado pela vida nunca foi tão comum como nos dias atuais. Hoje, qualquer acontecimento fora do programado nos paralisa e transforma-se em catástrofe. Parece que viver se tornou uma experiência traumática. Sendo assim, a única solução seria não viver. Mas acho que o problema não está no trauma e sim no que cada um faz com ele.

O ser humano morre e renasce muitas vezes na vida. Morre a cada frustração e renasce a cada conquista. E nesta época em que quase tudo se transforma em trauma, acho interessante a reflexão sobre o tema. Se pensarmos no trauma como algo que nos marca, que nos mata para que possamos renascer de outro jeito, nossa vida é cheia deles. É ilusória a ideia de que é possível ter uma vida sem marcas no corpo e na alma.

É evidente que alguns acontecimentos nos deixam literalmente sem chão, sem saber por onde recomeçar e de onde tirar forças para continuar vivendo. Mas, mesmo diante destes casos, acredito que não é preciso tentar apagar o inapagável, mas sim tentar fazer algo novo e melhor com esta marca, transformando-a em algo que nos dê força para continuar vivendo.

Acho que uma vida nova só é possível quando contém a anterior e a sua linha divisória. O que nos traz infelicidade é ficar estagnado no trauma, como uma ferida que não se cicatriza. Por isso, o pensamento de que as marcas são prejudiciais ao corpo e à alma, traz dor e sofrimento às pessoas. E não é aquela dor que dá forças para recomeçar, mas aquela que leva o indivíduo a ficar inerte, vendo a vida passar, como mero expectador, que só sabe falar sobre o acontecimento traumático e não consegue tocar a vida.

E como já dizia William Shakespeare: Não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte”.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

HOPE!


As LINHA riscada na rua SÓZINHO é uma parte do capítulo que eu refaço a cada CAMINHO
Histórias que vem,que vão,que fica
Eu parto livre,preso em minhas idéias FÓDAS que eu guardo no meu bloco de NOTA
Extraio da ALMA
Me distraio com os RABISCO que retratam toda a beleza da SINTONIA do papel
Caneta,EU,versos,CALMA
Sublime em cada linha
Felicidade quer que eu RIME
No meio do nada minha RIMA vira tudo,muda o MUNDO e sai por aí
Queria mudar algumas vidas vazias com rimas cheias de AMOR
Cicatrizar a DOR
Limpar os OLHOS de quem chorou
Sou só um rapaz comum
Cheio de problemas,idéias,contas,rimas,sons,e livros
Humano que espera o dia de ESCREVER como se fosse o ultimo dia, o melhor possível
Sou frágil,hábil,descolado,enrolado
Hoje VERSOS são pra TWITTER com 140 letras
Os meus SÃO pra VIDAS que ainda acreditam na salvação do planeta

P.s : 'Mas pra quem tem pensamento FORTE o impossível é só uma questão de OPINIÃO e disso os LOUCOS sabem'
ONELOVE.

domingo, 6 de fevereiro de 2011

www.cadaumcomseusproblemas






 
Olá muchachos!
Primeiro queria agradacer a minha amiga @Thayzynhaa pelo post dedicado a mim. Já tô morrendo de saudades dela.
Mas parando com a rasgação de seda, e indo ao assunto, vamos esculhambar!

Porque tem gente que não sabe honrar compromisso?
Pelo amor de Deus, é tanta coisa que a gente tem pra se preocupar nessa vida, e ainda tem que ficar se preocupando com a irresponsabilidade alheia? Não é tão difícil assim ter a descência de cumprir o que diz. É só ter cuidado com o que diz, e não sair prometendo o que não pode cumprir.
Também é bem simples comunicar as pessoas sobre suas desistencias, pra que elas não fiquem esperando como idiotas por suas ações.
Se não quer, não quer e pronto. Deixa de frescura!
Abra essa boca e fale. Ninguém tem bola de cristal pra adivinhar o que você deseja.
Pra mim, não honrar pequenos copromissos significa fazer as pessoas de trouxas, principalmente quando de certa forma, elas precisam de você. E se você não honra nem os pequenos compromissos, imagine os grandes neh!?
Ter problemas todo mundo tem, e como já dizia @penelopenova (apresentadora da MTV): www.cadaumcomseusproblemas meu bem!
Não é porque eu tenho problemas que eu tenho que mandar o mundo se lascar e as pessoas se danarem. Me poupe!
Se quiser ajuda, peça. Ou aceite as ajudas que são oferecidas. Mas não espere que alguém vá resolver os problemas por você, porque ninguém vai. E você também não vai resolver os meus.
"O mundo, na real, tá cagando pra você...", então veja quem realmente se preocupa com o que você faz.

Eu sei, eu sei. Tô meio louca hoje. Mas sabe... é indignante ver certas coisas.
Tipo... esse blog tá virando uma merda (salvo meus parceiros que se dedicam). Mas fala ai você: tá faltando a sessão de terça feira, tem gente que só posta quando quer agora.... eu ein! A idéia desde o ínicio, era justamente pra não deixar o blog desatualizado, por isso um post por dia, e por isso, uma pessoa por dia, pra não ficar "pesado" pra ninguém. Eu acho muito "broxante" entrar na "maior sede" em um blog, chegar lá, e ainda não ter atualização.

Outra coisa... Porque as pessoas se atrasam? Eu sei que imprevistos acontecem. Alguns motivos eu entendo, mas tem gente que se atrasa de propósito!
Eu corro léguas, faço das tripas coração pra ser pontual, chego lá na hora marcada, sem folego, descabelada, ou do jeito que for preciso... mas chego na hora. Ai me aparece aquela criatura sabe lá Deus com quantas horas de atraso. Me dá vontade de voar no pescoço e matar uma pessoa dessa.
Tô falando isso pra uma das minhas melhores amigas também: PARE DE SE ATRASAR TREEM!

Outra coisa... pessoas que dão informações erradas. Vocês por um acaso, querem acabar com a minha vida? Custa alguma coisa dar a informação certa? Ou isso é só preconceito porque eu sou pequena? Vou pensar que é isso, porque não tem explicação lógica. O tempo que você gasta dando uma informação errada, é o mesmo que você gastaria dando uma informação certa. Mas o tempo que a porcaria dessa informação errada rouba da minha vida você nem pode imaginar. VOCÊ! Mulherzinha que atende o telefone pra dar informações, me escuta primeiro porra! Nem escuta o que eu quero saber, já sai falando e desligando o telefone na minha cara! OOOOxe!

Se você não vai pra tal lugar, não chame as pessoas pra ir a esse tal lugar. Diga que talvez você vá, e as convide sob essa condição. Não dê certeza, se nem você tiver certeza.
Se você diz que dará uma resposta a certa pessoa, em tal dia; Dê a resposta à ela. Se vira, você não nasceu quadrado!
Se você usa um anel de compromisso, então assuma e respeite esse compromisso. Se você é casado, faça o mesmo. Se não é pra ter respeito, pra que assumir compromisso? Se quer vida se solteiro, pra que namorar? Pra quer casar?
Decida a vida! Pare de atrasar a vida alheia por causa de seus caprichos.

Tá todo mundo doido. Não existe mais honra, nem nada parecido.
Mulheres e homens, devem se comportar como mulheres e homens. Não como moleques!
PRONTO FALEI!

Xero... da Cereja, que apesar da revolta, se rendeu ao Facebook. Então me add ai: http://www.facebook.com/home.php?email_confirmed=1#!/profile.php?id=100002002676935


E já que comecei, continue a revolta ai: Que país é esse? (Legião Urbana)